50 tons de terceiro uniforme

50 tons de terceiro uniforme

Neste domingo, Flamengo esteve literalmente irreconhecível em campo. Liguei a TV e vi um time com uniforme branco, e outro time vestindo cinza e verde. Depois de alguns minutos vi que o Flamengo não era o time de branco, e eu queria que não fosse o time de cinza e verde.

Além da já tradicional execução do hino nacional brasileiro, fazendo jogadores gringos ficarem cantarolando baby shark, o hino do estado da Bahia também foi tocado. Se continuar nesse ritmo, vamos ter antes das partidas o hino nacional, hino do estado, hino da cidade, os hinos do clube, o samba da atual campeã do carnaval, e alguma música do repertório do Pelé.

Outra coisa que também me chamou a atenção foi o campo. Se muita gente acha que o Flamengo deveria entrar com time reserva por causa da fadiga dos jogadores, eu já acho que deveríamos ter entrado com o time de futebol de praia. O clube do Bahia deveria arrumar uma “Fonte Nova” de gramados pro estádio. Por que tinha muito mais verde do novo uniforme do Flamengo do que no campo deste jogo.

Quem também se mostrou um pouco verde foi o nosso promissor zagueiro Thuler. Ele está substituindo tão bem o Léo Duarte, que cometeu a mesma falha que o nosso ex-zagueiro costumava cometer. E com mais uma bola nas costas da nossa defesa saiu o polêmico gol do Bahia.

Até agora eu não entendi a demora dos assistentes da cabine do VAR para decidir este lance. Tenho pra mim que eles estão fazendo qualquer coisa, exceto trabalhando no momento em que são solicitados. Enquanto o árbitro de campo fica com aquela mãozinha na orelha, os VARiados (maneira carinhosa como eu chamo os árbitros e assistentes de vídeo) estão numa partidinha de LOL. E como todos sabem, partidas online não tem como serem pausadas só pra ficar vendo lances de impedimento.

Acho que a torcida iria se importar menos com a demora se passasse um buffet de salgadinhos para a torcida enquanto se espera a decisão dos árbitros. Garçons se distribuiriam na arquibancada com uns risoles, umas coxinhas de frango…

E por falar em frango essas últimas partidas do nosso goleiro, já chamaram a atenção do Korean Football Club (KFC).

Ou o Diego Alves melhora seu desempenho, ou vamos cortar a máquina da nespresso da concentração! Fica aí a ameaça #souvilao.

E ainda tivemos a expectativa da estréia do Filipe Luís… Bom… Minha esposa não quer que eu comente sobre Filipe Luis neste momento. Acho que vou esperar 72 horas para isso. É que estou em dúvida se devo comentar sobre ele, ou sobre um jogador europeu.

Só sei que esse jogo foi tão angustiante, que eu que não curto masoquismo já considerava sofrer menos e assistir ao Domingão do Faustão.

Leave a comment

Send a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *